Flygt Concertor proporciona bombeamento sem entupimentos na Suécia

Dois municípios suecos recentemente selecionaram o novo Flygt Concertor da Xylem para resolver seus problemas de águas residuais. Graças ao Flygt Concertor, o líder mundial em sistema de bombeamento com inteligência integrada, os municípios de Lomma e Botkyrka agora contam com um bombeamento livre de entupimentos e uma redução considerável do consumo de energia do sistema de bombas.

O Flygt Concertor é um sistema de bombeamento de águas residuais inteligente e interconectado que detecta as condições de operação do ambiente, adapta o desempenho em tempo real e fornece informações aos operadores da estação de bombeamento. O sistema conta com uma fossa integrada e um recurso de limpeza de tubulação, ambos inovadores nos sistemas de bombeamento de águas residuais.

Esses recursos, em conjunto com a segunda geração da tecnologia-N adaptativa patenteada da Flygt e uma função de limpeza de bombas integrada, minimizam os custos de limpeza a vácuo.

Município de Lomma compra o Flygt Concertor após um período de teste

O município de Lomma está localizado na região de Skåne, no sul da Suécia. Ele conta com mais de 23.000 habitantes distribuídos em três distritos principais, além de várias aldeias e comunidades vizinhas. A unidade de administração civil do município está trabalhando de maneira intensiva para ampliar e melhorar seus serviços, dado que a população se manteve em crescimento nos últimos cinco anos.

ASSINE NOSSO BOLETIM

Foi nesse contexto que os operadores da estação de tratamento de Borgeby aceitaram testar o Flygt Concertor em uma de suas estações de bombeamento. Os principais desafios eram aumentar a eficiência da estação e reduzir as ocorrências de entupimento de bombas, que normalmente exigem a intervenção do pessoal de manutenção uma vez por mês.

xylem_lomma

Bombeamento livre de entupimentos e menor consumo de energia

Em junho de 2015, o Flygt Concertor foi instalado na estação de Flädie Lundavägen e o desempenho do sistema foi monitorado de perto por um período de seis meses. Foi demonstrado que o sistema recém-instalado proporcionou uma redução considerável do consumo de energia. Além da economia de energia, os custos de manutenção caíram em cerca de 1.300 dólares por ano.

“Desde a instalação do Flygt Concertor, temos visto uma queda considerável na nossa conta de luz”, afirma Anders Sjöstrand, gerente da estação de tratamento de Borgeby. “As chamadas de manutenção também foram reduzidas a zero e o desempenho geral da estação melhorou muito. Ficamos tão impressionados com o sistema que decidimos substituir nosso sistema atual e instalar esta nova solução permanentemente na estação.”

Redução da variedade de bombas necessárias

Além disso, as vantagens de adquirir um sistema tão flexível são que, além do efeito positivo imediato do bombeamento sem entupimento e da economia de energia, os operadores podem, por exemplo, planejar uma redução considerável do estoque de bombas, reduzindo também a variedade de bombas necessárias para atender a todas as aplicações.

O município de Lomma está ciente da economia de estoque possibilitada pelo Flygt Concertor.

“Tendo o Concertor com três dimensões de saída, podemos reduzir drasticamente nosso estoque, já que não necessitaremos tantas variedades de bombas e impulsores”, explica Sjöstrand. “Temos certeza de que este sistema pode nos proporcionar uma economia e estamos ansiosos por ver como ele irá funcionar no futuro.”

Uma das características exclusivas do Concertor é a flexibilidade. Este novo sistema não apenas ajusta o desempenho das bombas com base nas necessidades reais de fluxo, facilitando a seleção e garantindo um desempenho ideal com fluxo variável, mas também é expansível, o que significa que os operadores podem adicionar novos recursos sem perder o investimento inicial. Isto o torna adequado para enfrentar desafios em muitos setores diferentes, sendo capaz de melhorar a eficiência de estações com características diferentes.

ASSINAR A IMPELLER

 

Série de artigos

Em foco: desafios atuais e futuros das empresas públicas

Começar a ler

Assine nosso boletim