Um condado da Flórida testa com sucesso a reutilização potável direta

Em 2016, a empresa de serviços públicos do condado de Hillsborough iniciou o primeiro projeto piloto na Flórida para a reutilização potável direta. A água recuperada produzida atende a todos os padrões de água potável e foi até mesmo utilizada em um concurso de fabricação artesanal de cervejas.

O condado de Hillsborough já tem o maior programa de varejo de água recuperada dos EUA, com mais de 22.000 contas. Em 2009, o condado produziu uma média de 129 milhões de litros por dia, com mais de 83 milhões de litros sendo distribuídos aos clientes. O resto foi vertido em águas superficiais.

O uso médio anual de água recuperada foi de cerca de 60%, em consequência dos padrões de seca e chuva da Flórida. O objetivo a longo prazo da empresa de serviços públicos é atingir 100% de uso da água recuperada, 365 dias por ano.

Uma expansão com aprimoramentos para água recuperada

No início dos anos 1980, a empresa de serviços públicos transformou suas operações em tratamento terciário. Em 2009, a estação avançada de tratamento de águas residuais de Falkenburg, situada a leste da cidade de Tampa, passou por uma grande expansão de 31 milhões de dólares. Essa expansão consistiu em transformar a câmara de contato com o cloro existente em um sistema de desinfecção por ultravioleta (UV) de última geração, uma nova represa e a substituição de oito aeradores existentes por novas unidades de alta capacidade, incluindo acionamentos de frequência variável.

ASSINE NOSSO BOLETIM

Foram construídos um clarificador de 30 metros e dois novos tanques de armazenamento de água de rejeito com capacidade de 34 milhões de litros, além de uma estação de bombeamento de água de rejeito. Também foram acrescentados três geradores de emergência, com melhorias na estação de bombeamento de água de serviço e água recuperada existente. Finalmente, foi instalado um moderno sistema SCADA, com câmeras de segurança, trabalho no local associado e controles elétricos.

Wedeco Mipro

Produzindo água recuperada potável na estação

Em julho de 2016, a Tetra Tech – um provedor de consultoria, engenharia e serviços técnicos – colaborou com a WateReuse Association, a Xylem e a GE para projetar, construir e operar um processo piloto de purificação para a reutilização potável direta. O processo visa tratar águas residuais efluentes recuperadas para cumprir os padrões federais de água potável da Agência de Proteção Ambiental dos EUA.

O projeto da Tetra Tech para o sistema piloto faz a água da estação de Falkenburg passar por um processo adicional e estrito de purificação, seguido por um tratamento avançado completo. A remoção de nutrientes biológicos e a desinfecção por UV são seguidas pelo tratamento terciário com a ultrafiltração e a osmose inversa da GE. Então, a planta piloto Wedeco MiPro™ da Xylem, dentro de um reboque portátil, é usada para o processo de oxidação avançada (AOP) com UV/peróxido para produzir a água recuperada potável.

O pessoal da estação de Falkenburg trabalha sem parar, sete dias por semana, e tem certificação em tratamento de águas residuais. O pessoal de operação é responsável por coletar e analisar amostras aleatórias em todo o sistema para garantir a conformidade com as condições de autorização, assim como por preparar e apresentar todos os relatórios necessários para as agências regulamentadoras.

Provando que a reutilização potável direta funciona

A água tratada no processo piloto foi testada quanto aos padrões primários e secundários de água potável, assim como microcomponentes, produtos farmacêuticos e produtos de cuidado pessoal não regulamentados. O monitoramento da qualidade da água revelou que a água do processo cumpria todos os padrões de água potável para os níveis máximos de contaminantes definidos pela EPA e adotados pelo Departamento de Proteção Ambiental da Flórida.

O projeto piloto validou a reutilização potável direta, o que agora é uma iniciativa essencial para muitas empresas de serviços públicos da região central da Flórida. A implementação da Iniciativa de Água da Flórida Central requer o uso adicional de recursos de água reutilizada. Historicamente, os excedentes de água não utilizados pelos clientes de reutilização são descartados em águas superficiais.

Transformando água recuperada em cerveja 

Em 2016, a WateReuse Association teve uma ideia: começar a falar sobre a reutilização potável com cerveja. Trabalhando com a Special Hoperations, uma organização de fabricação de cerveja localizada em Tampa, eles planejaram o fornecimento de água recuperada potável para a fabricação de cervejas artesanais na New Water Brew Competition.

A água recuperada potável produzida pela estação de Falkenburg – tratada de acordo com os mais altos padrões – foi fornecida a cerca de 100 cervejeiros artesanais registrados. Cada um recebeu cerca de 38 litros de água purificada para a fabricação de cerveja.

Foram apresentadas amostras das cervejas no Simpósio Anual da WateReuse 2016, realizado em Tampa, onde os jurados conferiram prêmios em dinheiro e medalhas. As cervejas foram muito elogiadas pelos jurados, participantes e clientes. As amostras das cervejas também foram apresentadas na conferência WEFTEC, realizada em outubro de 2016 em Nova Orleans e, em 2017, estão na estrada participando de discussões, seminários e degustações de cerveja em eventos relacionados à água em todos os EUA.

ASSINAR A IMPELLER

 

Série de artigos

O futuro da tecnologia da água: inteligente e sustentável

Começar a ler

Assine nosso boletim