Zona panorâmica da China escolhe estação com bombas Flygt

Em 2013, um terremoto devastador no condado de Lushan deixou cerca de 12.000 feridos e derrubou muitos edifícios. Durante os trabalhos intensivos de reconstrução, uma estação com bombas Flygt TOP integradas foi selecionada para atender a uma zona panorâmica para turistas na antiga cidade de Han Jiang.

Em 20 de abril de 2013, o condado remoto de Lushan foi notícia em todo o país ao ser atingido por um terremoto de 7 graus na escala Richter. Após o desastre, as autoridades dos governos local e nacional estabeleceram como prioridade máxima a reconstrução do condado, localizado a oeste da província de Sichuan.

Xi Jinping, presidente da China, visitou Lushan com Zhang Gaoli, vice-primeiro-ministro do Conselho de Estado, para oferecer suas condolências e apoiar os trabalhos de recuperação após o terremoto. Foi elaborado um plano para reconstruir a região o mais rápido possível.

ASSINE NOSSO BOLETIM

O governo local de Lushan iniciou a construção de um novo e pitoresco Lushan, enfocado no turismo. Este projeto envolveu nova infraestrutura e a missão de reconstruir a segurança na região afetada pelo terremoto e nas atrações turísticas dos arredores.

Desafio: construir rapidamente uma estação de bombeamento na zona panorâmica

Assim que tomaram conhecimento sobre o projeto de reconstrução, os engenheiros de vendas da Xylem rapidamente contataram o cliente e viajaram até Lushan para uma reunião presencial. O governo local necessitava reconstruir uma estação de bombeamento de águas residuais na nova zona panorâmica o mais rápido possível. Os engenheiros da Xylem recomendaram a melhor solução, uma estação com bombas Flygt TOP integradas.

Uma das vantagens de uma estação de bombas integradas é que a maior parte de sua estrutura é pré-fabricada, o que reduz o tempo de construção e garante a qualidade do projeto. Isso evita os longos ciclos de planejamento e construção das estações de bombeamento tradicionais.

Além disso, não há necessidade de construir uma sala de bombas, pois o cilindro fica completamente enterrado no subsolo, de modo que a estação se integra perfeitamente com os arredores. A estação com bombas Flygt TOP integradas também pode funcionar de maneira autônoma graças à tecnologia de automação avançada que minimiza a necessidade de manutenção.

Manutenção do cronograma de entrega e gerenciamento logístico

A reconstrução após a tragédia de Lushan foi a prioridade máxima, o que significa que as operações de engenharia e infraestrutura foram realizadas com um cronograma de prazos curtos. A Xylem não apenas devia entregar um projeto com a mais alta qualidade, mas também entregar o produto no local em um prazo de quatro semanas após a assinatura do contrato. Graças ao esforço conjunto da equipe de vendas, dos engenheiros técnicos e da fábrica, a entrega foi feita antes do prazo.

No entanto, a entrega da solução não foi uma tarefa fácil. O cilindro de plástico reforçado com fibra de vidro da estação de bombeamento media 3 metros de diâmetro e 14 metros de altura. O transporte desse cilindro pelas estradas ziguezagueantes da região, muitas das quais foram seriamente danificadas pelo terremoto, exigiu um planejamento cuidadoso.

Os engenheiros de serviço da Xylem examinaram a rota previamente e escoltaram o produto durante todo o trajeto. Devido ao grande tamanho do cilindro, foram usados dois guindastes para elevá-lo. A equipe de construção no local havia realizado vários treinamentos e testes para otimizar as operações de elevação.

Uma instalação bem-sucedida e um cliente feliz

A estação de bombeamento agora transporta águas residuais, coletadas da antiga cidade de Han Jiang e dos arredores, através de uma tubulação enterrada sob um rio até uma planta de tratamento de águas residuais localizada a cinco quilômetros de distância. Com a exceção de um gabinete de controle situado em um gramado, a estação de bombeamento fica completamente oculta sob a calçada.

O gerente Li, da Sichuan Huaxi, a empreiteira geral, elogiou o conceito do projeto da estação com bombas integradas. “Os moradores locais não fazem ideia de que uma estação de bombeamento esteja escondida sob o chão que eles pisam ao visitar a zona panorâmica”, afirma. “Não há nenhum cheiro nem ruído das operações da estação.”

Leia mais sobre as estações com bombas Flygt TOP integradas (PDF)

A tecnologia da estação Flygt TOP ganha prêmio de inovação na China

ASSINE NOSSO BOLETIM

 

 

Série de artigos

O futuro da tecnologia da água: inteligente e sustentável

Começar a ler

Assine nosso boletim