Bombas Flygt aprimoram a irrigação no Azerbaijão

Uma estação de bombeamento flutuante aprimorou o abastecimento de água para a irrigação no Azerbaijão, ao mesmo tempo em que reduziu o impacto ambiental. As bombas Flygt LL 3400 da Xylem aumentaram a produtividade em 20% e reduziram os custos energéticos em 30%.

As planícies de Sabirabad, no Azerbaijão, dependem da irrigação proporcionada por estações de bombeamento flutuantes, do tipo pontão, localizadas ao longo do rio Kura. No começo de 2016, a Kaskad-Hidro LLC, uma organização afiliada à OJSC de aprimoramento e gerenciamento da água do Azerbaijão, decidiu atualizar uma de suas estações de bombeamento flutuantes para aumentar a eficiência e a produtividade.

Projeto e instalação de uma solução personalizada

A Kaskad-Hidro LLC testou as bombas Flygt em sua estação de bombeamento do rio Kura e ficou impressionada com os resultados. A empresa encomendou à Xylem o projeto e a instalação de uma solução personalizada.

ASSINE NOSSO BOLETIM

A Xylem forneceu suas renomadas bombas Flygt LL 3400, uma bomba submergível de fluxo misto usada em uma grande variedade de aplicações. Ela é usada em sistemas de drenagem e irrigação, estações de tratamento de águas residuais, estações de águas pluviais e outras aplicações que exigem o bombeamento de grandes volumes de água.

“Consideramos várias opções e analisamos várias soluções propostas antes de selecionar as bombas Flygt da Xylem”, conta Zakir Aslanov, diretor da Kaskad-Hidro LLC. “Após estudar cuidadosamente os projetos existentes e levar em consideração a opinião de especialistas, chegamos à conclusão de que a Xylem oferecia a melhor solução. Embora o investimento de capital associado às bombas Flygt era um pouco maior do que nas outras opções, essa despesa inicial será compensada pelos custos operacionais reduzidos e pela maior eficiência geral da estação flutuante.”

Vantagens da linha de bombas Flygt LL 3000

As bombas Flygt LL 3400 fazem parte da linha de bombas submergíveis Flygt LL 3000. Esta robusta e confiável linha de bombas ocupa pouco espaço devido a seu motor e unidade de bombeamento compactos. Além disso, não há a necessidade de um sistema de resfriamento externo nem de um sistema de lubrificação separado.

Como todas as bombas Flygt de coluna submergível, a linha de bombas Flygt LL 3000 permite a construção de estações de bombeamento de baixo custo que não exigem nenhuma superestrutura. As bombas Flygt LL 3000 normalmente são instaladas em um tubo de descarga vertical, completamente submerso e sem necessidade de ancoragem, pois o peso da bomba é suficiente para mantê-lo no lugar.

Esta disposição proporciona a instalação mais simples possível. A bomba simplesmente é abaixada dentro do tubo de descarga por um guincho ou guindaste e retirada da mesma forma para maior rapidez de conexão e desconexão durante a inspeção.

Maior produtividade e custos reduzidos

A estação de bombeamento projetada para a Kaskad-Hidro LLC foi um sucesso, aumentando a produtividade em 20% e reduzindo os custos operacionais em 30%. A Kaskad-Hidro LLC agora planeja comprar outras bombas LL 3400 para usar em outras aplicações, inclusive em estações de tratamento de águas residuais e operações de drenagem.

“Planejamos usar as bombas Flygt em outras regiões do Azerbaijão no futuro – atualmente, há quatro novas estações de bombeamento em planejamento”, afirma Aslanov. “Além do melhor desempenho, a manutenção e o serviço das bombas Flygt também são muito fáceis.”

Água mais limpa para a vida aquática

Larissa Lindström, gerente de vendas de exportação da Xylem no Leste Europeu, afirma que as bombas Flygt da estação de bombeamento também ajudam a manter o meio ambiente mais limpo.

“As bombas antigas usadas na estação de bombeamento flutuante vazavam óleo no rio”, ela conta. “A solução que encontramos, com as bombas Flygt LL 3400 e a renovação do projeto da própria estação de bombeamento flutuante, beneficiará consideravelmente a vida aquática.”

ASSINE NOSSO BOLETIM

 

Série de artigos

Em foco: desafios atuais e futuros das empresas públicas

Começar a ler

Assine nosso boletim